Quarta, 05 Julho 2023

O Anticristo Está Dentro

Escrito por Samael Aun Weor
  • tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte
  • Imprimir
Avalie este item
(2 votos)
(Tempo Estimado de Leitura: 3 - 5 minutos)

O chispante intelectualismo como funcionalismo manifesto do Eu psicológico, indubitavelmente é O ANTICRISTO.

Aqueles que supõem que o ANTICRISTO é um personagem estranho nascido em tal ou qual lugar da terra ou vindo deste ou daquele país, estão certamente completamente equivocados. Temos dito de forma enfática que o ANTICRISTO não é de modo algum um sujeito definido, senão todos os sujeitos.

Obviamente o ANTICRISTO radica no fundo de cada pessoa e se expressa de forma múltipla. O intelecto posto a serviço do espírito resulta útil; o intelecto divorciado do espírito devém inútil. Do intelectualismo sem espiritualidade surgem os patifes, viva manifestação do ANTICRISTO. Obviamente o patife em si mesmo e por si mesmo é o ANTICRISTO.

Desgraçadamente o mundo atual com todas as suas tragédias e misérias está governado pelo ANTICRISTO. O estado caótico em que se encontra a humanidade atual indubitavelmente deve-se ao ANTICRISTO. O iníquo, de que falara Paulo de Tarso em suas epístolas, é certamente um cru realismo destes tempos. O iníquo já veio e se manifesta por todas as partes, certamente tem o dom da ubiquidade.

Discute nos cafés, faz negociações na ONU, senta-se comodamente em Genebra, realiza experimentos de laboratório, inventa bombas atômicas, foguetes teleguiados, gases asfixiantes, bombas bacteriológicas, etc., etc., etc. Fascinado o ANTICRISTO com seu próprio intelectualismo, exclusividade absoluta dos sabichões, crê que conhece todos os fenômenos da natureza.

O ANTICRISTO crendo-se omnisciente, engarrafado entre toda podridão de suas teorias, rechaça inteiramente tudo aquilo que se pareça a Deus ou que se adore. A autossuficiência do ANTICRISTO, o orgulho e a soberba que possui, é algo insuportável. O ANTICRISTO odeia mortalmente as virtudes cristãs da fé, da paciência e da humildade. Todo joelho dobra-se ante o ANTICRISTO. Obviamente aquele inventou aviões ultrassônicos, barcos maravilhosos, flamantes automóveis, remédios surpreendentes, etc. Nestas condições, quem poderia duvidar do ANTICRISTO?

Quem se atreve nestes tempos a pronunciar-se contra todos estes milagres e prodígios do filho da perdição condena a si mesmo à burla de seus semelhantes, ao sarcasmo, à ironia, ao qualificativo de estúpido e ignorante. Custa trabalho fazer entender isto às pessoas sérias e estudiosas, estas em si mesmas reagem, opõem resistência. É claro que o animal intelectual equivocadamente chamado homem, é um robô programado com jardim de infância, escola primária, secundária, preparatória, universidade, etc.

Ninguém pode negar que um robô programado funciona de acordo com o programa, de nenhuma maneira poderia funcionar se lhe tirasse do programa. O ANTICRISTO elaborou o programa com o qual se programam os robôs humanoides destes tempos decadentes.

Fazer estes esclarecimentos, pôr ênfase no que estou dizendo, resulta espantosamente difícil por estar fora de programa, nenhum humanoide robô poderia admitir coisas que estão fora do programa. É tão grave esta questão e são tão tremendos os enfrascamentos da mente que, de modo algum, um robô humanoide qualquer suspeitaria nem remotamente que o programa não serve, pois ele foi arranjado de acordo com o programa, e duvidar do mesmo lhe pareceria uma heresia, algo incongruente e absurdo.

Que um robô duvide de seu programa é um disparate, algo absolutamente impossível pois sua mesmíssima existência deve-se ao programa. Desgraçadamente as coisas não são como pensa o robô humanoide; existe outra ciência, outra sabedoria, inaceitável para o robô humanoide. Reage o robô humanoide e tem razão em reagir pois não foi programado para outra ciência nem para outra cultura, nem para nada diferente a seu consabido programa. O ANTICRISTO elaborou os programas do robô humanoide, o robô se prosterna humilde ante seu amo.

Como poderia duvidar o robô da sapiência de seu amo? Nasce a criança inocente e pura; a essência expressando-se em cada criatura é preciosa em grande maneira. Inquestionavelmente a natureza deposita nos cérebros dos recém-nascidos todos esses dados selvagens, naturais, silvestres, cósmicos, espontâneos, indispensáveis para a captura ou apreensão das verdades contidas em qualquer fenômeno natural perceptível para os sentidos.

Isto significa que a criança recém-nascida poderia por si mesmo descobrir a realidade de cada fenômeno natural, desgraçadamente interfere o programa do ANTICRISTO e as maravilhosas qualidades que a natureza depositou no cérebro do recém-nascido logo são destruídas. O ANTICRISTO proíbe pensar de forma diferente; toda criatura que nasce, por ordem do ANTICRISTO deve ser programada.

Não há dúvida de que o ANTICRISTO odeia mortalmente aquele precioso sentido do Ser, conhecido como “faculdade de percepção instintiva das verdades cósmicas”. Ciência pura, diferente de toda podridão de teorias universitárias que existem por aqui, por lá e acolá, é algo inadmissível para os robôs do ANTICRISTO.

Muitas guerras, fomes e enfermidades foram propagadas pelo ANTICRISTO em toda a redondeza da terra e não há dúvida de que seguirá propagando-as antes que chegue à catástrofe final. Desafortunadamente chegou a hora da grande apostasia anunciada por todos os profetas e nenhum ser humano se atreveria a pronunciar-se contra o ANTICRISTO.


Capítulo IX do Livro: A Grande Rebelião - Samael Aun Weor

Informações adicionais

  • Complexidade do Texto: Avançado
Ler 211 vezes Última modificação em Domingo, 30 Julho 2023
Entre para postar comentários